You Are Here: Home » Mandioca. A raiz da culinaria brasileira

Mandioca. A raiz da culinaria brasileira

Quando os primeiros portugueses desembarcaram no Brasil em 1500, encontraram os povos indígenas que se alimentavam de caça, peixes, frutas silvestres e principalmente das raízes de uma planta nativa: a mandioca.

planta mandioca

Mandioca

Quinhentos anos já se passaram e a mandioca ainda é uma importante fonte diária de alimento para a população brasileira, apresentando condições de ser a cultura do século XXI. Desde 2000 houve um aumento de 60% na produção desse tubérculo, que tende a continuar se for seguido um modelo ecológico de cultivo “Produzir mais com menos”, segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura FAO.

Altamente versátil, a mandioca é usada também na alimentação de animais e suas raízes se adaptam bem às diversas condições naturais do Brasil. Não é à toa que ela seja o ingrediente principal de muitos alimentos consumidos pelos brasileiros como, por exemplo: o beiju, o pão de queijo, biscoitos, mingaus, doces, paçoca e farinha, sendo esse último de consumo mais generalizado, principalmente entre nordestinos, que são os maiores produtores e consumidores da raiz. No cenário mundial, o Brasil é atualmente o segundo maior produtor da raiz, com produção em torno de 25 milhões de toneladas/ano.

farinha_de_mandioca

Farinha de mandioca

Em pratos sofisticados ou simples, pouco importa. O prazer de saborear a mandioca e seus derivados faz parte da vida e da cultura do brasileiro, que agradece diariamente a herança deixada por um povo forte que amava a terra e sabia extrair o sabor das suas raízes.


Vocabulário
Silvestre – selvagem
Tubérculo – caule subterrâneo
À toa – sem motivo, ao acaso
Em torno de – aproximadamente
Herança – que foi transmitido por gerações anteriores

Fonte: FAO / Sebrae

Learn Brazilian Portuguese online with our free lessons