You Are Here: Home » Celpe-Bras. A Estrutura da Prova Oral Em Detalhes!

Celpe-Bras. A Estrutura da Prova Oral Em Detalhes!

A Parte Oral do Celpe-Bras consiste em uma interação face a face de 20 minutos entre o examinando e o entrevistador, poderá ser gravada em áudio ou em vídeo e divide-se em duas partes:

A Primeira Parte da interação, com duração de aproximadamente 5 minutos, consiste em uma conversa sobre interesses pessoais do examinando, a partir das informações dadas por ele no formulário de inscrição (família, hobbies, profissão, entre outros).

ATENÇÃO: Lembre-se de que o Posto Aplicador tem acesso às respostas do formulário preenchido no momento da inscrição pela internet. Por isso, o examinando não pode pedir para outras pessoas (parentes ou amigos) preencherem o formulário de inscrição para ele. É importante que as respostas sejam o mais próximas possível dos interesses do examinando, de suas opiniões e de suas expectativas.

A Segunda Parte, com duração de aproximadamente 15 minutos, consiste em uma conversa a partir dos Elementos Provocadores – pequenos textos e imagens de temas variados do cotidiano que circulam na imprensa brasileira (ecologia, educação, esportes etc.). No total, são 3 Elementos Provocadores (EP).

 

FAÇA UMA SIMULAÇÃO DE PROVA ORAL AQUI

 

O examinando terá o tempo de aproximadamente 1 minuto, para ler e observar cada EP e depois conversar com o entrevistador, seguindo um roteiro de perguntas previamente elaborado.

Para cada EP, o examinando deverá responder a uma pergunta inicial que tem como objetivo explorar o entendimento geral do assunto que será abordado (compreensão do texto e da imagem). Esse entendimento pode incluir a compreensão de termos específicos (gírias, regionalismos, expressões idiomáticas, vocabulário etc.).

OBSERVAÇÃO: Nesta etapa, o examinando pode fazer perguntas de compreensão ao entrevistador para esclarecer possíveis termos ou relações que não tenha compreendido, de forma a poder conversar sobre o tema.

 

 

COMO É FEITA A AVALIAÇÃO

O examinando será avaliado por dois examinadores, chamados de entrevistador e observador. No entanto, apenas o entrevistador interage com o examinando. Os aspectos avaliados durante a interação face a face são:

  1. a) Compreensão da fala do entrevistador;
  2. b) Competência para interagir em Língua Portuguesa (o examinando deve apresentar desenvoltura e autonomia durante sua produção oral);
  3. c) Fluência (capacidade de interagir sem interromper o fluxo da conversa);
  4. d) Domínio de vocabulário e de estruturas da Língua Portuguesa (capacidade de usar vocabulário apropriado e estruturas adequadas do português nos diferentes temas abordados);
  5. e) Pronúncia (manter uma pronúncia adequada em relação aos sons, ritmo e entonação da língua portuguesa).

É oportuno salientar que a prova oral não se trata de uma entrevista na qual uma pessoa pergunta e a outra responde de forma mecânica, mas sim de uma simulação de conversa em língua portuguesa.

O examinando deve demonstrar entendimento da fala do entrevistador, bem como de ideias expressas em textos contendo linguagem verbal (palavras) e não verbal (imagens).

E para finalizar: o entrevistador não avalia a opinião do examinando, mas sim sua capacidade de conversar sobre os temas abordados. Portanto, você é livre para falar o que pensa.

Learn Brazilian Portuguese online with our free lessons