You Are Here: Home » Tarefa 7

Tarefa 7

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR OS ARQUIVOS PARA IMPRESSÃO

1 – Material do exame

A Parte Escrita compõe-se de um Caderno de Questões, contendo os enunciados das tarefas e uma folha de rascunho para cada tarefa, e de um Caderno de Respostas.

1 – Identificação

Confira seus dados e assine seu nome na capa do Caderno de Respostas.

2 – Tempo

A Parte Escrita do exame tem duração de 3 horas, assim distribuídas:

Tarefa 1 (vídeo): 30 minutos, incluída a exibição do vídeo;

Tarefa 2 (áudio), 3 e 4 (textos escritos): 2 horas e 30 minutos, incluída a escuta do áudio e a leitura dos textos escritos.

Se você não terminar a Tarefa 1 no tempo indicado, poderá voltar a ela no decorrer da Parte Escrita.

3 – Instrumentos de Escrita

As respostas devem ser escritas à caneta esferográfica azul ou preta. Rasuras só serão aceitas se não dificultarem a leitura do texto. As respostas que apresentarem uso de corretivo ou que tiverem sido feitas a lápis serão anuladas.

4 – Rascunhos e anotações

Eles não precisam ser digitalizados.

5 – Legibilidade das Respostas

As respostas devem ser escritas com letra legível.

6 – Espaço para respostas

As respostas deverão limitar-se aos respectivos espaços reservados no Caderno de Respostas.  Textos escritos no Caderno de Questões, em folhas trocadas do Caderno de Respostas ou no verso dos espaços reservados no Caderno de Respostas não serão corrigidos, resultando na invalidação das respectivas tarefas.

Ao apertar o “play” não precisa voltar o vídeo ou áudio, pois eles irão tocar novamente. Seja justo com você mesmo, aperte o play apenas uma vez!

Após concluir sua tarefa, digitalize-a e envie-a para seu professor através da SAV.

TAREFA 7

Você é jornalista de um grande jornal da Bahia. Com base na reportagem sobre as praias poluídas de Salvador, redija uma Carta Aberta aos leitores de seu jornal expondo sua indignação com a situação e pedindo ao governo estadual soluções urgentes para o problema. 

 

Inema lista 14 praias impróprias para banho em Salvador e Lauro de Freitas

Um balanço divulgado pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema), em Salvador, destaca que 14 praias da capital baiana e Lauro de Freitas, na região metropolitana, estão impróprias para banho neste final de semana.

Segundo o órgão, que avaliou um total de 37 localidades, as praias não indicadas para banhistas têm uma alta concentração de coliformes fecais. Conforme o Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), uma praia é considerada imprópria para banho quando apresenta cerca de 2.500 coliformes termotolerantes em apenas uma análise ou quando apresentam em 20% das amostras coletadas em cinco semanas consecutivas mais de mil coliformes fecais.

Por meio desta metodologia de análise, o Inema desaconselha o banho nas praias de Periperi (na saída de acesso à praia), Penha (situada em frente à barraca do Valença), Bogari (em frente ao Colégio da PM), Boa Viagem (ao lado do forte Monte Serrat), Roma (rua Prof. Roberto Correia), Canta Galo (rua Agrário Menezes) e Porto da Barra (Av. Sete de Setembro).

Ainda são destacadas como impróprias para os banhistas, neste final de semana, as praias de Ondina (próximo a escada de acesso à praia e situada próximo ao Morro da Sereia), Pituba (atrás da Praça), Armação (em frente ao Hotel Alah Mar), Boca do Rio (em frente ao posto Salva Vidas), Corsário (em frente ao Posto Salva Vidas), Patamares (em frente ao posto Salva Vidas Patamares) e Itapuã (em frente à Sereia de Itapuã).

Fonte: G1

Learn Brazilian Portuguese online with our free lessons