Segurando a cobra no Instituto Butantan Reviewed by Ricardo Filgueira on . [caption id="attachment_7153" align="alignnone" width="300"] Aprenda Português em Tempo Recorde[/caption] Olá! Aqui é Ricardo Filgueira, seu professor de portug [caption id="attachment_7153" align="alignnone" width="300"] Aprenda Português em Tempo Recorde[/caption] Olá! Aqui é Ricardo Filgueira, seu professor de portug Rating: 0
You Are Here: Home » PODCAST » Segurando a cobra no Instituto Butantan

Segurando a cobra no Instituto Butantan

Segurando a cobra no Instituto Butantan

Olá! Aqui é Ricardo Filgueira, seu professor de português!

Hoje eu vou falar sobre um lugar incrível em São Paulo. Um lugar que, no mesmo espaço, reúne ciência, tecnologia, natureza e entretenimento. Quero te apresentar o Instituto Butantan!

Fundado em 1901, o Instituto Butantan é um importante centro de pesquisa relacionado à saúde pública, com importante atuação nas áreas de Biologia, Biomedicina, Biotecnologia e Farmacologia. O Butantan é uma instituição pública estadual, ligada à Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo.

o Instituto Butantan é famoso por sua produção de vacinas e soros contra toxinas de animais peçonhentos e microrganismos, sua produção inclui: vacina contra a gripe, hepatite, HPV, raiva, e soro antiescorpiônico, antiaracnídeo, antirrábico e antilonômico. Seus produtos fazem parte do Programa Nacional de Imunizações (PNI) e são enviados ao Ministério da Saúde, que os distribui de forma estratégica e gratuita à população.

Para você ter uma ideia da importância do Instituto para o Brasil, em 2019, das 65 milhões de doses de vacinas fornecidas para a campanha nacional de vacinação, 60 milhões foram fabricadas no Instituto.

O Instituto Butantan é um orgulho nacional. Ele é um dos maiores centros de pesquisa biomédica do mundo. Ele atua em parceria com diversas universidades e organizações, tais como o Instituto Pasteur, na França, o National Institutes of Health e Bill & Melinda Gates Foundation, nos Estados Unidos. Além disso, o Instituto colabora com missões científicas por meio da Organização Mundial e Panamericana de Saúde, Unicef e ONU.

Toda a estrutura do Instituto fica dentro de um parque, localizado no bairro do Butantã, na zona oeste de São Paulo, dentro de uma área de 750 mil m².

O Instituto Butantan não é apenas um centro de pesquisa biomédica, ele é também um ponto turístico. Lá você poderá visitar o Museu Biológico, o Museu de Microbiologia, o Museu Histórico, o Macacário e o Serpentário. Vou falar um pouco sobre cada um deles.

 

 

Museu de Microbiologia

O Museu de Microbiologia tem como missão estimular a curiosidade científica nos jovens e aproximar a cultura científica do público em geral por meio de suas exposições e ações educativas. Os visitantes podem fazer uma viagem interativa no mundo escondido dos microrganismos, através de equipamentos, e modelos gigantes tridimensionais de bactérias, vírus e protozoários.

Serpentário

O serpentário permite a observação de serpentes da fauna brasileira em um ambiente semelhante ao seu habitat.

Macacário

O macacário foi inaugurado em junho de 2019 para abrigar macacos da espécie Rhesus. O recinto contém vegetação e rochas simuladas similares às encontradas no país de origem, Índia. Essa é a única colônia de Rhesus do Brasil aberta à visitação pública.

Museu Histórico

O Museu Histórico é a reconstrução do local do primeiro laboratório da instituição, onde foram produzidos soros contra o surto da peste bubônica. Seu objetivo é resgatar a história dos trabalhos desenvolvidos na área de saúde no Brasil, apresentando diversos objetos históricos, como microscópios e fotos das antigas instalações. Muito interessante!

 

➡️ Notícias, cultura brasileira e dicas de português no Facebook

➡️ Minha rotina no Instagram

➡️ Imagens do Brasil e dicas de português no Pinterest

➡️ Cultura brasileira e aulas de português no YouTube

 

Museu Biológico

O Museu Biológico conta com uma exposição viva e permanente. Serpentes, aranhas, escorpiões, lagartos, anfíbios e insetos podem ser vistos bem de perto!

A exposição tem como objetivo apresentar animais vistos comumente como “assustadores” ou “nojentos” em seu contexto ambiental natural, ressaltando a importância dos diferentes organismos na manutenção dos ecossistemas.

 

cobra jiboia

 

Com certeza, o Museu Biológico é a grande atração. São mais de 50 espécies de répteis e artrópodes, entre serpentes e aranhas peçonhentas. A coleção é a mais completa do país e possui animais perigosos como a cascavel, jararaca e uma naja asiática.

No dia que eu visitei o museu, eu consegui gravar uma cena muito estranha e até um pouco nojenta. Parecia que uma cobra estava pondo um ovo, era uma coisa branca, mas ao mesmo tempo parecia cocô, não sei se cocô de cobra é branco, sei lá, muito estranho! Só um biólogo pra me dizer o que é isso. O vídeo está no meu site, assim como a transcrição deste áudio. Acesse www.portuguesdobrasil.com.br/brasilcomricardo e procure o episódio 13.

 

 

Uma dica: dentro do Museu Biológico há uma loja de souvenirs com itens bem bacanas, As crianças vão adorar! Portanto, já sabe, né? Se você levar seu filho, prepare o bolso!

Museu Emílio Ribas

Especializado na história da saúde pública, o museu possui um dos maiores acervos sobre a saúde do Brasil, composto por documentos textuais, iconográficos, sonoros, audiovisuais, objetos… São registros feitos do final do século XIX até a atualidade.

No momento da publicação deste episódio – fevereiro de 2020 – o Museu está em reforma, e a previsão é que ele seja reaberto em 2021.

O que significa a palavra butantan / butantã?

Eu já falei Butantan várias vezes neste episódio. Mas o que significa essa palavra? O nome Butantan é originário do Tupi-Guarani e quer dizer “terra muito dura”. Perceba que o bairro e o instituto butantã têm grafias diferentes (bairro Butantã, Instituto Butantan).

 

CLIQUE AQUI PARA PARTICIPAR

 

Mão na cobra

Agora é hora de falar sobre a “Mão na Cobra”. Mão na Cobra é uma atividade que permite o visitante ter contato direto com lagartos e serpentes não peçonhentas, sob a supervisão de biólogos. E quando eu digo ter contato, é manusear, tocar mesmo!

Eu participei da atividade e foi muito legal. Eu até publiquei um vídeo no Instagram mostrando como foi minha experiência. Essa não foi a primeira vez que segurei uma cobra. Acho que uns 5 anos atrás eu segurei uma jiboia, que era um bicho de estimação de um conhecido. Essa foto tá no meu site, dê uma olhada lá.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por About Brazil (@brazilwithricardo) em

A atividade “Mão na cobra” acontece às quintas-feiras, das 14h30 às 15h30, próximo à bilheteria. A atividade é gratuita e não é necessário fazer inscrição, basta entrar na fila. Mas atenção, por que a atividade é suspensa em dias de chuva e feriados.​​

Funcionamento

O parque funciona todos os dias das 7h às 18h e o estacionamento é gratuito.

Os museus funcionam de terça a domingo, das 9h às 16h:45. A entrada nos museus é paga e 1 ingresso permite a visitação nos 3 museus (Histórico, Biológico e de Microbiologia).  Em alguns casos, o visitante tem direito à gratuidade, consulte o site do Instituto para saber mais. 

Importante! Na bilheteria, eles não aceitam cartão de crédito nem de débito. Só aceitam dinheiro.

BIBLIOTECA

Com mais de um século de existência, a Biblioteca do Instituto Butantan é especializada nas áreas de toxinas, imunologia, biodiversidade e biotecnologia. Além disso, a biblioteca contém periódicos e uma seção de livros raros referentes às ciências de saúde. A biblioteca possui um acervo com aproximadamente 15 mil exemplares.

Um coisa bem interessante é que Biblioteca do Butantan tem livros encadernados com peles de cobra, porém, eles só podem ser manuseados pelos funcionários da biblioteca, e caso alguém precise consultar os textos, são oferecidos outros exemplares ou o acervo on-line.

Falando nisso, a consulta ao acervo pode ser feita no catálogo eletrônico, possibilitando o acesso às coleções digitalizadas, por meio da Biblioteca digital. Atenção, a biblioteca não é aberta à visitação, como acontece com os museus. Seu público-alvo é composto por pesquisadores e alunos.

Agora que sabe o que é o Instituto Butantan, só falta você visitá-lo. Mas, se você não puder ir lá, veja o meu álbum de fotos no pinterest.

Eu fico por aqui, preparando o próximo episódio do melhor podcast para aprender português e cultura brasileira.

Até a próxima!

 

🎧Você pode seguir meu podcast no PodBean, Spotify ou Google Podcasts. Para baixar o arquivo em MP3, clique no ícone da seta para baixo localizado no player do áudio, no início desta página.

 

🙋‍♂️🙋‍♀️Envie sua sugestão de assunto, elogio ou crítica via Facebook ou Instagram
 

Vocabulário

Reunir: to gather; to assemble
Atuação: acting
Uma instituição pública estadual, ligada à Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo: a state public institution, linked to the São Paulo State Health Secretariat
Vacinas e soros: vaccines and sera
Animais peçonhentos: poisonous animals
Antiescorpiônico, Antiaracnídeo, antirrábico e antilonômico: contra o veneno de escorpião; contra o veneno da aranha; contra a raiva; contra a toxina da taturana
Um orgulho: a pride
Ele atua em parceria com diversas universidades: It works in partnership with several universities
Por meio de: através de (Through)
Mundo escondido: hidden World
Recinto: enclosure
Surto da peste bubônica: outbreak of the bubonic plague
Contar com: to count on
Aranhas: spiders
Assustadores ou nojentos: scary or disgusting
Por ovo: to lay eggs
Cocô: poop; feces
Bacana: nice; cool
Bicho de estimação: pet
Um conhecido: an acquaintance
Basta entrar na fila: just get in line:
Gratuidade: qualidade do que é gratuito (free of charge)
Periódicos: feriodicals
Acervo: collection
Público-alvo: target audience

Learn Brazilian Portuguese online with our courses.